Monitoramento de Mídias Sociais para baixo orçamento

De acordo com estudo da eMarketer de 2016, o Brasil, país latino-americano com maior número de usuários mensalmente ativos nas mídias sociais, continua a aumentar sua população de cerca de 97 milhões de pessoas únicas que acessam ao menos uma mídia social uma vez por mês. A estimativa é que até 2020 ao menos 105.2 milhões de brasileiros acessem alguma rede social mensalmente.

O poder de alcance das mídias sociais se tornou nos últimos anos uma poderosa arma para a publicidade e marketing, e mais do que isso, uma grande provedora de insights sobre comportamentos variados dos usuários – e principalmente consumidores – através do monitoramento de mídias sociais. A maioria das grandes marcas já estão no Facebook e cada vez mais micro e médias empresas também optam por publicar suas informações de negócios para ficar mais próximas de seus consumidores ou prospects.

Mesmo que uma marca não esteja presente nas mídias sociais, os usuários e consumidores estão lá gerando conversas sobre elas, e monitorar essas conversas é uma das formas mais eficientes de se aproximar do público de interesse e entender a partir de suas conversas os principais pontos positivos e negativos sobre temas variados, dentre os quais pode-se gerar insights para melhorar a comunicação, produtos e também gerar negócios.

Mas existe no mercado uma crença que para fazer monitoramento de mídias sociais é necessário um grande investimento, tanto para contratação de profissionais quanto de ferramentas.

Porém isso não necessariamente é uma regra, apesar de existirem pontos de atenção. O primeiro deles é que sempre necessário um profissional qualificado, que entenda as linguagens das redes sociais e funcionamento das principais mídias sociais, além de conhecer as práticas e táticas do monitoramento dessas mídias e como interpretar dados e transformá-los em informações acionáveis. Sem esse conhecimento o monitoramento se torna ineficaz.

O segundo ponto é que existe uma grande variedade de ferramentas que servem para diversos perfis de empresas e analistas, que vão desde ferramentas plenas, acadêmicas ou experimentais e até mesmo via scripts/APIs, que podem exigir algum conhecimento em programação.

As ferramentas plenas são amplamente indicadas para projetos com investimento dedicado, e têm maior poder de processamento de dados, possibilitando maior facilidade em trabalhar com grande volume de dados em tempo real.

Porém, como já mencionado, um micro ou pequeno empresário pode não ter condições financeiras de contratar uma ferramenta dessas, e é aí que entram as ferramentas experimentais ou acadêmicas.

Essas ferramentas podem ser gratuitas ou ainda oferecer um custo bastante acessível, como a Netlytic, que atende muito bem esse perfil de profissionais e empreendedores, que sabem da necessidade de monitorar as conversas de consumidores dentro do seu mercado, mas não sabem por onde começar.

Além do custo acessível, essas ferramentas experimentais permitem realizar monitoramentos de forma objetiva, com amplo controle dos processos e metodologias.

Também temos que ter em mente os resultados que podem ser gerados a partir desse trabalho de pesquisa. Conhecer melhor o mercado de atuação monitorando os concorrentes e consumidores permite estar à frente das principais tendências comportamentais, o que pode gerar ideias que podem melhorar o negócio de micro e pequeno empresários, além de possibilitar melhorias no atendimento de clientes, gerar ideias para desenvolvimento de produtos e serviços e também contribuir com a gestão de processos internos.

Mesmo que o monitoramento de mídias sociais seja bastante acessível, não conhecer seus mecanismos pode também ser perigoso, já que os dados precisarão ser analisados e interpretados da forma mais fiel aos objetivos. E é aqui que entra outro ponto de atenção: não adianta ter todas as ferramentas para iniciar o processo de monitoramento, se não se sabe como realizar as tarefas e análises de forma correta. Dessa forma, um dos maiores investimentos que se pode ter em relação ao monitoramento de mídias sociais é o desenvolvimento de profissionais e de conhecimento.

Conheça o pacote de cursos online de Monitoramento, Análise de Redes e Etnografia em Mídias Sociais. Com professores referências no mercado e academia, a formação tem o objetivo de ensinar conceitos, ferramentas e técnicas detalhadas nas áreas pertinentes.

postrelacionados

Comentários

comments

Comentários (1)

Deixe um comentário