Monitorando verbos nas mídias sociais: estudo sobre “mudar”

O estudo Mudar produzido pela OpSocial teve o objetivo de monitorar e entender como os brasileiros interagem e conversam sobre mudanças em suas vidas, a partir de dados nas mídias sociais

A tática interessante, e pouco comum, que foi aplicada é o monitoramento de verbos. Enquanto tradicionalmente se monitora substantivos, sobretudo nomes de marcas, produtos e pessoas, entender verbos traz insights sobre ações. Neste caso, um verbo especialmente interessante pois significa transiçâo de comportamentos e preferências.

Dentre as mídias sociais analisadas, o Twitter resultou em 59.84% das interações, o Facebook 38% e o Instagram 2.16%.

Nos termos mais relevantes no monitoramento, a palavra “governo” esteve mais presente devido a aproximação da data de eleição em 2014 e a referencia de mudança que parte das pessoas estavam engajadas na época.

O verbo “mudar” gera expectativas, ansiedade e algumas pessoas ficam desconfortáveis com a ideia.

Foi o que a análise de sentimentos trouxe como resultado, aonde mostrou que 48,8% dos brasileiros trataram o assunto com positividade e esperança, 34,1% tinham em mente que mudar é algo normal da vida. Já 17,1% se sentiam desconfortáveis com os riscos que a mudança poderia impor em suas vidas.

Dentre outros resultados apresentados no estudo, os tipos de mudanças que as pessoas mais se engajaram em interagir com suas redes, foram as novas formas de pensar em relação aos objetivos e metas de vida.

Não menos importante – de acordo com o estudo – a adoção de animais também aparece como fator positivo entre as pessoas que defendem a ideia de adotá-los ao invés de compra-los.

Se interessou em aprender mais métodos e técnicas para melhorar sua estratégia em análises? Conheça a formação completa em análise de mídias sociais. O pacote agrega os cursos online de Monitoramento, Análise de Redes e Etnografia em Mídias Sociais, que são liderados por professores com formação sólida tanto no ambiente acadêmico quanto mercadológico, com passagens por grandes agências e empresas referências na área. Assista abaixo o vídeo sobre curso de Monitoramento:

postrelacionados

Comentários

comments

Comentários (1)

Deixe um comentário