Blog do IBPAD

  • R + Word: Como gerar o script e salvar no formato .docx?

    Por: Carla Passos O R possui algumas funcionalidades pouco exploradas ou desconhecidas. Dentre elas, encontra-se a construção e a geração de documentos. Neste artigo, será mostrado a geração de documento no formato .docx no R, que é possível através do R Markdown, uma ferramenta que transforma análises em documentos, relatórios, entre outros. Dentre as suas
  • Dicas de capacitação para ingressar na carreira de Performance Digital

    Muitos profissionais de comunicação e marketing vislumbram hoje na área de performance um novo lugar para progredir na carreira. A performance, por ser um campo profissional cada vez mais em ascensão, tem levado muitas pessoas a buscar qualificação para enfrentar os desafios deste mercado. Porém, muita gente ainda não sabe por onde começar a estudar
  • Nova live do IBPAD discute como iniciar a carreira na área de performance

    Na próxima terça-feira (17), às 19h (horário de Brasília), o IBPAD realiza uma transmissão ao vivo com grandes líderes do mercado para falar de carreira na área de performance. O tema da live é “Como se tornar um profissional de performance”, e irá discutir os percursos e orientações que profissionais de marketing, comunicação e áreas
  • Quais as oportunidades para trabalhar com análise de dados no mercado digital?

    Já faz muito tempo que trabalhar com publicidade (ou comunicação, de maneira geral) não é mais sinônimo de criar peças publicitárias. As últimas duas décadas mudaram por completo o ecossistema midiático o qual o mercado publicitário (de agências e empresas) estava acostumado, cujo fator talvez mais emblemático dessa transformação seja a cultura de dados que
  • O que é gestão de crises e como o monitoramento pode ajudar

    Com a chamada “liberação do pólo emissor” a partir das mídias digitais, a possibilidade de todos falarem e expressarem suas ideias se tornou uma realidade, o que  também permitiu que uma quantidade considerável de informações falsas ou equivocadas pudessem ser disseminadas nesses espaços. Para marcas e empresas, cuja presença nas mídias sociais tornou-se indispensável há
  • #RedeIndica com Rebeca Garcia: 7 fórmulas do Google Planilhas para acelerar suas análises

    O terceiro post da série #RedeIndica traz algumas recomendações da Rebeca Garcia, nossa convidada para curadoria de referências. Para esse texto, ela decidiu separar 7 fórmulas imperdíveis para quem trabalha com análise de dados a partir do Google Planilhas. O Planilhas é uma ferramenta muito útil porque é simples, gratuito e tem a capacidade de
  • Performance em marketing e comunicação: o que fazer para chegar lá?

    Todas as empresas, inclusive as de menor porte, vivenciam hoje um processo crescente de digitalização das suas atividades. Processos de tomada de decisão não são feitos somente a partir da pura percepção de colaboradores, analistas e responsáveis por projetos, mas pela interpretação de dados provenientes de diversas fontes. É possível a geração de informações relevantes
  • Grafos por toda parte: do que são feitas as redes das mídias sociais?

    Se você acompanha minimamente política e está no Twitter, muito provavelmente já se deparou com algum/alguma grafo/rede de grandes eventos. Embora a divulgação desses artifícios visuais que representam a repercussão de conversas/debates na e da própria plataforma não seja uma prática recente, é perceptível que, nos últimos meses, mais e mais usuários estão criando seus
  • Ferramentas para visualização e análise de dados (textuais): saiba onde encontrar

    Encontrar ferramentas de análise de textos pode não ser uma tarefa fácil, ainda mais quando sabemos da existência de uma quantidade enorme de softwares disponíveis e não temos por onde começar. Porém, uma maneira de tornar isso mais descomplicado é procurar por conteúdos, mídias e blogs que façam a listagem de ferramentas conhecidas. Melhor ainda
  • Como tornar Relações Institucionais e Governamentais data-driven?

    Por Jaqueline Buckstegge Por onde começar: o processo de análise Independente da complexidade com que a área de análise de dados já tenha alcançado, o passo mais importante para introduzir uma cultura data-driven é sempre começar. Isso pode parecer clichê, mas cotidianamente presenciamos corporações e equipes desistindo da ideia de avançar em dados por conta

OutrasInformações