Senado discute sobre ‘fake news’ e o impacto das mídias sociais no legislativo

Durante o dia 24 de maio aconteceu o seminário: O Legislativo e as mídias sociais — desafios e oportunidades de comunicação.

Este evento no Senado reuniu autoridades e especialistas da área de inteligência política que falaram sobre fake newsmonitoramento em mídias digitais e questões relacionadas à regulação dos conteúdos das mídias sociais. Max Stabile (Diretor do IBPAD) e Amaro Grassi (Fundação Getúlio Vargas), apresentaram o tema “De olho nas mídias sociais: comportamento digital e monitoramento“, sobre como é feito o monitoramento dessas mídias sociais e as possíveis consequências do comportamento dos usuários para o sistema político.

Max ainda explicou o ciclo para realizar as coletas dos dados nas mídias sociais, salientando três exemplos de soluções estratégicas, a exemplo dos Métodos Mistos, para melhor analisar e trabalhar com estes dados.

Assista abaixo o seminário completo e fique por dentro dos temas apresentados:

Dentre os temas debatidos constam: “O debate político nas mídias sociais: estratégias e ética“, pelos pesquisadores Marisa von Bülow (Universidade de Brasília) e Fabrício Benevenuto (Universidade Federal de Minas Gerais);

“Cada rede em seu lugar: os melhores usos do Facebook, Twitter e Instagram“, por Moisés Nazário, coordenador do Núcleo de Mídias Sociais do Senado, e Tarso Rocha, chefe do Serviço de Gestão de Perfis e Conteúdo do mesmo núcleo;

Mesa de Discussão sobre “Fake News“, com participação da Cristina Tardáguila, diretora da Agência Lupa, primeira de checagem de fatos no Brasil, e Pablo Ortellado, da Universidade de São Paulo;

“Mídias sociais e regulação: como garantir direitos e evitar abusos“, por Sivaldo Pereira, professor da Universidade de Brasília e especialista em regulação da comunicação digital, com Laura Tresca, da organização internacional Article 19, e o secretário-geral da presidência do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Carlos Eduardo Frazão do Amaral.

Os conceitos e técnicas, entre outros assuntos apresentados por Max, são abordados em cursos online e presenciais disponíveis no IBPAD. Um dos exemplos é a Formação de Analista de Inteligência e Pesquisa em Mídias Sociais. Aproveite também para conhecer o curso Extração de Dados em Mídias Sociais via API, que tem um dos objetivos de orientar os estudantes, passo a passo, sobre as lógicas e procedimentos práticos da coleta intermediária de grande volume de dados de Facebook e Twitter.

Comentários

comments

Deixe um comentário