4 livros para começar a estudar estatística

Começar a estudar Estatística por um livro técnico pode acabar assustando mais do que aproximando o aluno. Para lembrar que esta área também possui poderosas ferramentas para contar histórias e explicar o mundo, separamos alguns livros que antes de apresentar fórmulas difíceis vão conduzir o leitor por aplicações práticas, exemplos e momentos de descobertas: 

1. Como mentir com estatística

O livro é recheado de exemplos e gravuras para mostrar maus exemplos de gráficos e interpretação de resultados. A linguagem é agradável e, apesar de ter sido publicado pela primeira vez em 1954, continua atual. 

Se você não sabe absolutamente nada sobre gráficos ou até sobre medidas resumo (média, mediana, moda) e quer aprender, o livro é um ótimo ponto de partida. Para quem precisa consumir relatórios no dia a dia é interessante para não cair em armadilhas clássicas que podem levar a decisões erradas para o negócio. 

 

2. O andar do bêbado – Como o acaso determina nossas vidas 

O nome parece algo perto de charlatanismo e livro motivacional, mas não é nada disso. 

É um livro introdutório ao universo da probabilidade e amostragem estatística. Em vez de engolir que a chance de tirar 2 em um dado não viciado é 1 em 6, aqui o autor conta a história de como cada conclusão foi ocorrendo ao longo dos anos. 

Alguns conceitos menos usuais em nosso dia a dia, como a Lei dos Grandes Números, podem não ficar completamente explicados logo na primeira leitura. Mas quem chegar até o fim do trabalho vai sair com muito mais repertório e confiança para dar os primeiros passos.

 

3. Uma senhora toma chá 

Um apanhado de história demonstrando como a Estatística fez a diferença em descoberta do século 20. É o livro menos técnico desta lista e pode ser o próximo na sua lista de leituras para relaxar. 

 A leitura é fácil e agradável. A quantidade de exemplos também ajuda a exercitar o campo das possibilidades. Então, assim como um artista precisa conhecer um bocado de referências antes de fazer criações mirabolantes, é bom que quem quer se dedicar a consumir ou produzir estudos, saiba o que foi feito anteriormente. 

 

4. Data Science para negócios

É impossível ser um bom cientista de dados sem uma base sólida em estatística. Este livro é um guia do pensamento analítico aplicado aos negócios. Casos práticos, sem abordagem muito técnica. Se você já trabalha no mercado como Business Intelligence, Analista de Dados ou Analista de Pesquisa, vale garantir que você tem ao menos conhecimentos similares aos apresentados por esta leitura. 

 

 

Bônus: Ciência de Dados com R

 R é uma linguagem de programação poderosa voltada para a análise de dados. Para quem quer começar a programar, o IBPAD tem um livro gratuito. 

Se você já mexe com planilhas, evoluir para a manipulação de dados com a linguagem R vai desafogar tarefas manuais e o aprendizado fica mais fácil pelo conhecimento prévio em lógica básica de gestão de bases de dados. Se você não mexe, não se preocupe, o livro é introdutório e apenas o primeiro passo de uma longa jornada de estudos. 

Acesse aqui: Ciência de Dados com R

postrelacionados

Comentários

comments

Comentários (1)

Deixe um comentário