Métodos para identificação e características de influenciadores em mídias sociais

Um dos capítulos do novo livro da Editora IBPAD “Estudando Cultura e Comunicação com Mídias Sociais” foi escrito pelo professor e consultor de Analytics e Influencer Marketing, Gabriel Ishida. Seu estudo foi realizado para identificar características e métodos para medir o impacto de influenciadores nas redes sociais, como o alcance e seu poder de propagação.

As técnicas de identificação e mensuração de influenciadores  vêm se aprimorando devido ao aquecimento do mercado nos últimos três anos. Com essa configuração, começa-se a diferenciar os tipos de influenciadores por suas forças e fraquezas, conforme tipologia criada pela consultoria Traackr, em 2013, em que classifica influenciadores em dez tipos, de acordo com o nível (baixo, médio e alto) em cada um dos três pilares de Solis.

Outro ponto importante na estratégia, mencionado por Ishida, são os Key Performance Indicators (KPI), que servem para indicar se os influenciadores estão atingindo os objetivos traçados para a estratégia e, com isso, demonstrar o retorno de resultados de comunicação.
Tendo montada a estratégia, de acordo com o objetivo da marca, é importante mensurar se os resultados dos influenciadores participantes durante e após a campanha. Um ponto importante é que, além das ferramentas pagas ou gratuitas que serão utilizadas, o analista também deve cobrar as informações proprietárias do influenciador, pois o acesso a elas é exclusivamente via autenticação pessoal.

Confira os critérios, métricas e metodologias para medir o impacto de possíveis influenciadores para as marcas.

* indicates required

postrelacionados

Comentários

comments

Deixe um comentário