Como foi a Live de Dados para Relações Governamentais

Ontem aconteceu um super bate-papo com André Jácomo (Cientista Político e Diretor de Negócios do IBPAD), Eduardo Galvão (Professor de Relações Institucionais do Ibmec e fundador do Instituto Pensar RelGov) e Daniel Marcelino (Cientista de Dados do Jota) sobre como utilizar os dados para construir estratégias de engajamento em Relações Governamentais.

Nesta live, nossos convidados levantaram questões sobre como o uso de um volume grande de dados já é uma realidade para o profissional de Relações Governamentais se orientar no relacionamento com o poder público.

André Jácomo, falou como inovações e técnicas como o Big Data, Machine Learning, Inteligência Artificial, que já são comuns em vários negócios, já são aplicadas nesse mercado profissional. O uso de inovação cria uma cadeia de inteligência na área, para além do relacionamento e da reputação.

Já Eduardo Galvão pontuou algumas boas práticas de usos de dados pelas equipes de Relações Governamentais. A análise de dados já é utilizada para monitoramento e inteligência política, análise de risco político, gerenciamento de stakeholders, além de ajudar a construir narrativas sobre como defender um propósito/negócio.

Daniel Marcelino contou bastante sobre a experiência internacional e o que está na vanguarda do uso de ciência de dados para relacionamento político. Como cientista de dados, indicou quais habilidades e ferramentas o profissional pode ir atrás para começar a navegar a criar estratégias data-driven.

Confira o vídeo completo no nosso canal do YouTube:

postrelacionados

Comentários

comments

Deixe um comentário