Monitoramento e Pesquisa em Mídias Sociais: metodologias, aplicações e inovações

Rastros e traços textuais, imagéticos, sonoros, navegacionais, demográficos e comportamentais são construídos, compartilhados, editados e remixados como subprodutos da interação cotidiana na internet. A vida “online” deixou de ser vista como algo dissociado do cotidiano, e hoje expressões, representações e interpretações da sociedade são permeadas pelo digital e vice-versa: dinheiro, poder, cultura, sexo, emoções, colaboração e conflitos humanos fluem de forma natural no que antes era visto de forma separada como esferas “físicas” e “virtuais”.

O livro Monitoramento e Pesquisa em Mídias Sociais: metodologias, aplicações e inovações reúne colaborações de uma rede de profissionais e pesquisadores que atuam em universidades, empresas e agências.  Temas basilares, mas ainda controvertidos, como análise de sentimento, atendimento ao consumidor ou etnografia somam-se a aplicações e inovações que vão de reconhecimento de imagem a estudos sobre memes, compondo contribuição sólida ao campo.

Para todos aqueles que querem iniciar suas pesquisas utilizando dados de mídias sociais, este livro será um excelente guia no desenvolvimento de seus trabalhos. Para aqueles que já atuam ou querem atuar no mercado de mídias sociais, o livro traz referências a métodos e inovações que podem ser uma ampla fonte de novos produtos e pesquisas.

Prefácio – Dr. Fábio Malini
Inteligência de Mídias Sociais no Brasil – Esp. Ana Claudia Zandavalle
Análise de Sentimento – Esp. Skrol Salustiano
Informação e Tagging – Dr. Ronaldo Araújo e Esp. Dora Steimer
Abordagens da coleta de dados nas mídias sociais – Me. Marcelo Alves
SAC e Social CRM – Esp. Marcelo Salgado
Relacionamento – Esp. Clarissa Motta
Gestão de Crises – Bel. Mariana Oliveira
Brand Awareness – Bel. Juliana Dias
Comunidades de Marca – Esp. Andrea Hiranaka
Etnografia para Mídias Sociais – Bel. Débora Zanini
Estudo de Público / Personas – Me. Tarcízio Silva e Bel. Yuri Amaral
Pesquisando Memes – Dr. Viktor Chagas e Janderson Pereira Toth
Análise de Redes – Me. Max Stabile e Me. Tarcízio Silva
Influenciadores – Esp. Gabriel Ishida
Jornalismo de Dados – Me. Soraia Lima
Campanhas Eleitorais – Me. Max Stabile e Me. Jaqueline Buckstegge
Gestão do Conhecimento – Esp. Cinara Moura
Posfácio – Bel. Rodrigo Helcer e Me. Milton Stiilpen

ANA CLAUDIA ZANDAVALLE
Ana Claudia Zandavalle é analista de Inteligência de Mídias Sociais, com especialização em Marketing Estratégico pela Universidade Federal de Santa
Catarina (UFSC) e Bibliotecária por formação. Trabalha desde 2011 na área de Inteligência Digital, com foco em monitoramento e métricas de mídias sociais. Assumiu a pesquisa sobre o profissional de inteligência de mídias sociais em 2016 e já trabalhou com pesquisa de mercado, inteligência competitiva e mídia online. Atualmente é Analista de Inteligência na Vert Inteligência Digital. br.linkedin.com/in/anaczandavalle pt.slideshare.net/AnaClaudiaZandavalle

ANDREA HIRANAKA
Diretora global na Ipsos SMX, unidade de negócios do instituto Ipsos especializada em social media research. Há 9 anos no mercado, teve passagens por institutos de pesquisa tradicionais (Data Popular e Plano CDE) e por consultorias digitais (E.Life). Atuou em projetos para clientes como Samsung, NET, Sanofi, Oi, P&G e L’Oréal. Andrea é pós-graduada em Inteligência de Mercado na ESPM/SP e bacharel em Relações Públicas pela ECA/USP.

CINARA MOURA
Profissional de Comunicação e Marketing Digital, graduada pela UFRGS (RS) e pósgraduada pela FIA (SP). Tem mais de 10 anos de experiência atuando em projetos multidisciplinares de conteúdo, planejamento e mensuração de resultados para marcas como Grupo Accor Hotéis, Bayer, L’Oréal, Toyota, Azul Linhas Aéreas e Nestlé, tem em seu currículo passagem por agências como Cadastra, AD.Dialeto, AG2 Nurun e, atualmente, é gerente de Business Intelligence na Moringa Digital. Em sua atuação acadêmica, já ministrou aulas em instituições como Faculdade Impacta, ESPM e SENAC-SP. https://www.linkedin.com/in/mouracinara/pt

CLARISSA MOTTA
Clarissa atua no mercado de marketing digital a mais de cinco anos, atualmente trabalha como freelancer, atendendo clientes de pequeno a médio porte na área de planejamento, produção de conteúdo e mídia on-line. Foi analista de mídias sociais na Propeg, onde atuou com produção de conteúdo e monitoramento para clientes da empresa M. Dias Branco. Se formou em Comunicação Social com ênfase em Publicidade pela Unijorge em 2010, é Pós-graduada em Marketing e está finalizando o MBA em Gestão Empresarial pela FGV. www.socialbusk.com.br | E-mail: claricmotta@gmail.com

DÉBORA ZANINI
Socióloga pela Unicamp, trabalha na área de Pesquisa Digital desde 2011. Dedica-se, desde então, a aplicar e adaptar os métodos consagrados das Ciências Sociais ao universo das mídias sociais. Já desenvolveu e coordenou pesquisas tanto para marcas como Risquè, Doril, Wizard e Pom Pom como também para grupos do terceiro setor, como ONGs e movimentos sociais. Atualmente é professora de Etnografia no IBPAD e supervisora da área de monitoramento da Ogilvy.

DORA STEIMER
Especialista em Gestão da Informação Digital (2015) pela Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo, bibliotecária (2011) pela Universidade Federal de Santa Catarina e jornalista (2006) pela Universidade para o Desenvolvimento do Estado e da Região do Pantanal. Publicou artigos sobre os temas de taxonomia para comércio eletrônico, organização da informação, folksonomia e acesso livre em portais institucionais. Possui interesse pelos temas de mediação, tradução, organização da informação digital, taxonomias e indexação. Atualmente vive em São Paulo e trabalha como analista em taxonomia para um grande varejo de e-commerce.

FÁBIO MALINI
Fábio Malini é professor do Departamento de Comunicação da Universidade Federal do Espírito Santo desde 2005. Coordena o Laboratório de estudos sobre Imagem e Cultura (LABIC/UFES), onde desenvolve pesquisas sobre ciência de dados, movimentos sociais e redes sociais (com especialidade em coleta, processamento e visualização de big data). Escreveu, em co-autoria com Henrique Antoun (UFRJ), o livro A internet e a Rua (Sulina, 2013). http://fabiomalini.com/ | http://www.labic.net/

GABRIEL ISHIDA
Coordenador de Social Listening na área de Consumer Experience da Pernod
Ricard Brasil, trabalhando com as marcas proprietárias Absolut, Chivas, Ballantines, Jameson, Orloff, Montilla e outras do portfólio. Já trabalhou na DP6, consultoria de marketing digital, onde trabalhou com projetos de Social Intelligence de marcas como Coca-Cola, Itaú, Philips, Visa e outras de mesmo porte. É autor do blog Midializado (www.midializado.com.br) e co-criador do projeto Atlas Media Lab (www.atlasmedialab.com.br).

JAQUELINE BUCKSTEGGE
Pesquisadora do IBPAD, é cientista política, especialista em comportamento
eleitoral. Mestre em Ciência Política pela Universidade Federal do Paraná (PPGCP-UFPR), com ênfase em psicologia política e cognição, tem trabalhos em comunicação, participação e internet. Bacharel em Ciência Política pela Universidade de Brasília, tem MBA em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas. LinkedIn: https://br.linkedin.com/in/jkbuckstegge

JANDERSON PEREIRA TOTH
Janderson Pereira Toth é Conteúdo e Insights do Grupo Trigo, atuando nas marcas Domino’s Brasil e Spoleto. É graduando do curso de Estudos de Mídia, com graduação complementar em Empreendedorismo e Inovação, pela Universidade Federal Fluminense (UFF). Atualmente é bolsista de extensão do projeto Escritório Modelo de Memes da UFF, atuando como editor executivo do #MUSEUdeMEMES <http://www.museudememes.com.br/>. É ainda pesquisador do Laboratório de Comunicação, Culturas Políticas e Economia da Colaboração (coLAB/UFF) e co-fundador da startup Pink Dollar, onde desenvolve soluções em questões de consumo e comportamento da população LGBT.

JULIANA DIAS
Juliana Freitas trabalha desde 2011 com Marketing Digital com foco em Business Intelligence e Monitoramento de Mídias Sociais. Já trabalhou na Mutato, A2ad, MariaSãoPaulo, BrandBox, entre outras agências, com clientes como Discovery Turbo, HSBC, Tupperware, AccorHotels e marcas da Cia Müller de Bebidas, como Cachaça 51, 51 Ice e outras do portfólio. Atualmente é Business Intelligence no Grupo Abril, no núcleo digital da Capricho. dataismo.com.br / www.twitter.com/ soujufreitas

MARCELO ALVES
Marcelo Alves é sócio-diretor da startup Vértice Inteligência, empresa incubada na Agência de Inovação da UFF. Também é doutorando pelo Programa em Pós-Graduação em Comunicação (PPGCOM-UFF). Lecionou as disciplinas Campanha Eleitoral em Rede e Monitoramento de Redes Colaborativas no curso de Estudos de Mídia da mesma instituição. Email: marceloalves.ufsj@hotmail.com

MARCELO SALGADO
Formado em Letras pela FFLCH – USP, especialista em Comunicação em Mídias Sociais pela FAAP e MBA em Marketing Digital pela ESPM, é gerente de redes sociais, UX e Comunicação do Banco Bradesco S/A, escritor, palestrante e professor da Miami AdSchool. Desenvolveu e gerencia as áreas de Conteúdo, Relacionamento e RP 2.0 do Bradesco. Twitter: @marcelosalgado

MARIANA OLIVEIRA
Mariana Oliveira foi Gerente de Data & Insights na agência Havas Worldwide. Tem formação em Comunicação Social – Relações Públicas pela UFRGS. Trabalha desde 2009 com marketing digital, especializada em Business Intelligence e Monitoramento de Mídias Sociais. Antes da Havas, foi Gerente de Data Intelligence na Ogilvy Brasil e Gerente de BI & Monitoramento na RIOT, trabalhando com grandes marcas como Unilever, J&J, Danone, IBM e Spotify. marianaoliveira.cc / twitter.com/marianarrpp

MAX STABILE
Graduado e mestre em Ciência Política pela Universidade de Brasília, premiado pela Associação Mundial para Pesquisa em Opinião Pública (WAPOR Latino Americana) pela sua pesquisa na área de Democracia Eletrônica. Atualmente é pesquisador do Núcleo de Pesquisas em Políticas Públicas da UnB. Atua no mercado de pesquisa em comunicação desde 2009, com passagens pelo Instituto de Pesquisa da FSB Comunicações e como Diretor de Business Intelligence da agência CasaDigital. Participou de campanhas políticas internacionais e para governos estaduais e atendeu clientes como Ministério da Defesa, Prefeitura do Rio de Janeiro e CAIXA. Atualmente é o diretor-executivo do IBPAD. max@ibpad.com.br

MILTON STIILPEN JR.
Milton é co-fundador e responsável pelo time de tecnologia da Stilingue Inteligência Artificial. Lidera o desenvolvimento aplicações de ponta nos campos da inteligência artificial, linguística, análise de influência online e mapeamento de redes sociais & imprensa. Também é mestre pela Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP) em Processamento de Linguagem Natural. Email: milton@stilingue.com.br

RODRIGO HELCER
Rodrigo é formado em Administração pela FEA-USP, empreendedor em série e entusiasta da intersecção entre tecnologia, comunicação e comportamento humano. Seu negócio mais recente é a Stilingue Inteligência Artificial, onde desenvolvem aplicações de ponta que nos campos da inteligência artificial, linguística, análise de influência online e mapeamento de redes sociais & imprensa. Também é estudioso e palestrante dos temas “influência online”, “análise de redes” e empreendedorismo. Email: rodrigo@stilingue.com.br

RONALDO ARAÚJO
Doutor em Ciência da Informação (2015) e Mestre em Ciência da Informação
(2009) pela Escola de Ciência da Informação da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Possui graduação em Ciência da Informação (2006) pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas). Foi professor visitante no Departamento de Jornalismo e Ciências da Comunicação da Universidade do Porto (2012). Atualmente é Professor Adjunto do Curso de Biblioteconomia do Instituto de Ciências Humanas, Comunicação e Artes (ICHCA), Universidade Federal de Alagoas (UFAL). Líder do grupo de pesquisa “Laboratório de Estudos Métricos da Informação na Web” (Lab-iMetrics). Pesquisador do Centro de Estudos Avançados em Democracia Digital (CEADD).

SKROL SALUSTIANO
Trabalha desde 2008 com monitoramento de redes sociais, especializado em Gestão de Comunicação e Marketing Institucional. Atualmente é mestrando em Ciência da Informação no Ibict/UFRJ e owner/consultor da Skrol Inteligência Digital, tendo em seu portfólio clientes como Inpress, Geofeedia, Gavagai e empresas do setor financeiro. Foi Coordenador de Business Intelligence da Agência 3 e Coordenador de Métricas e Monitoramento da Casa Digital, Textual Agência de Comunicação e Agência Frog, onde atendeu marcas como Oi, Grupo Ediouro, Playboy do Brasil, Coca-Cola, Petrobras, FGV, ESPM, Icatu, Motorola, Governos Estadual e Municipal do Rio de Janeiro e Projeto Cidade Olímpica. contato@skrol.com / twitter.com/skrol

SORAIA LIMA
Jornalista pela Cásper Líbero, tem mestrado pela ECA-USP e atualmente é doutoranda na mesma instituição. Possui mais de dez anos de experiência ministrando cursos de curta duração, graduação e pós-graduação em instituições de Ensino Superior como Senac-SP, Estácio, ESPM, IPOG, Faculdade Anglo Latino, Anhembi Morumbi. Além da experiência acadêmica, ela já atuou como community manager do Scup, repórter e redatora na Editora Aranda e assessora de imprensa no SIEEESP. Twitter: soraialima / LinkedIn: http://br.linkedin.com/in/solima.

TARCÍZIO SILVA
Diretor de Pesquisa em Comunicação no IBPAD. Mestre em Comunicação e Cultura Contemporâneas pela UFBA, atualmente realiza Doutorado na mesma área. Gerenciou projetos e equipes de inteligência na Social Figures, Flagcx, Coworkers e PaperCliQ, atendendo a clientes de diversos setores como entretenimento, beleza, cosméticos, e-commerce, automotivo, hotelaria e organizações sociais. Autor e organizador de livros como Para Entender o Monitoramento de Mídias Sociais (Bookess, 2012), também ensina em pós-graduações como Digicorp-USP, Unisinos e FBB. www.tarciziosilva.com.br

VIKTOR CHAGAS
Professor e pesquisador do Departamento de Estudos Culturais e Mídia e do
Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal Fluminense (UFF). É Doutor em História, Política e Bens Culturais pelo Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil da Fundação Getulio Vargas (Cpdoc-FGV), líder do grupo de pesquisa coLAB, Laboratório de Comunicação, Culturas Políticas e Economia da Colaboração e coordenador do projeto #MUSEUdeMEMES. <viktor@midia.uff.br>

YURI AMARAL
Mestrando em Estudos Interdisciplinares Latinoamericanos (UNILA), já trabalhou como Diretor de Conteúdo Digital na SA365 e como Diretor de Arte de Mídias Sociais na Leo Burnett. Atualmente é sócio-fundador, junto de seu companheiro, do Coelho Jujuba, marca de camisetas e cadernos artesanais. Ilustrador freelancer, também atua em projetos culturais regionais, além de questionar performance de gênero como Yala, sua persona DragQueen. <yu.amaral@gmail.com>

ISBN?

978-85-93072-01-7

Como citar?

Obra completa:

SILVA, Tarcízio; STABILE, Max. (Org.) Monitoramento e pesquisa em mídias sociais: metodologias, aplicações e inovações. São Paulo: Uva Limão, 2016.

Capítulo:

Usar o formato ABNT abaixo, substituindo autor, título e páginas do capítulo:

ISHIDA, Gabriel. Influenciadores. In: SILVA, Tarcízio; STABILE, Max. (Org.) Monitoramento e pesquisa em mídias sociais: metodologias, aplicações e inovações. São Paulo: Uva Limão, 2016, p. 161-278.

Posso usar em aula e distribuir aos alunos?

Sim. Pode circular entre turmas de aula, empresas, workshops e afins. Solicitamos que a integridade da obra seja mantida, sobretudo a atribuição de organizadores, autores e editora.

Se precisar falar conosco, só entrar em contato

Editora 

Edição, revisão, capa, projeto gráfico e design pela Editora Uva Limão

Apoio

Stilingue Inteligência Artificial

Impacto
Trabalhos acadêmicos (artigos, teses, relatórios) que citam o livro e seus capítulos

 

ALVES, Marcelo. Mapeamento das fanpages políticas no facebook. In: SILVA, Tarcízio; BUCKSTEGGE, Jaqueline; ROGEDO, Pedro (orgs.). Estudando Cultura e Comunicação com Mídias Sociais. Brasília: Editora IBPAD, 2018

ANDRADE, Elenise. MONALISA, MELHOR NÃO ESCREVER ISSO…: memes em (des) construções. Revista Observatório, v. 4, n. 1, p. 145-166, 2018.

ARAÚJO, Gustavo; BUENO, Thaísa; REINO, Lucas. Comentários na Internet: Como as Assessorias de Comunicação de Imperatriz Lidam com a Plataforma. XIX Congresso de Ciências da Comunicação na Região Nordeste – Fortaleza – CE – 2017 .

ARAÚJO, R. F.; TRAVIESO-RODRÍGUEZ, C.; SANTOS, S. R. O.; Comunicação e participação política no Facebook: análise dos comentários em páginas de parlamentares brasileiros. Informação & Sociedade: Estudos, v. 27, n.2, 2017.

ARNAUDO, Dan. Computational Propaganda in Brazil: Social Bots During Elections. Computational Propaganda Project Working Paper Series, 2017.

AQUINO, Filipe; MARQUES, Rafaela. MARIELLE FRANCO E AS FAKE NEWS: quantas vezes se morre?. Anais I Encontro Norte e Nordeste da ABCiber, p. 411-421, 2018.

BATISTA, D.; SILVA, T; STABILE, M.; PAEZ, P.C.; KEARNEY, M. C. Insights from Social Media on Gender in Latin America. Inter-American Development Bank, 2017.

BRAGA, Sérgio et al. Eleições online em tempos de ‘big data’: Métodos e questões de pesquisa a partir das eleiçõees municipais brasileiras de 2016. Estudos em Comunicação, v. 1, n. 25, 2017.

BRAGA, Sérgio; CARDOSO, Rafael Sampaio; CARLOMAGNO, Márcio Cunha; VIEIRA, Fabricia; ANGELI, Alzira Ester; SUHURT, Juan Francisco Arrom. E-campanhas em tempos de redes digitais: estudo de caso de um programa de monitoramento online das eleições municipais brasileiras de 2016. In: SILVA, Tarcízio; BUCKSTEGGE, Jaqueline; ROGEDO, Pedro (orgs.). Estudando Cultura e Comunicação com Mídias Sociais. Brasília: Editora IBPAD, 2018

CADENA, Sílvio. Entre a História Pública e a História Escolar: as redes sociais e aprendizagem histórica. XXIX Simpósio de História Nacional. Brasília, 2016.

CANCIAN, Alan; MALINI, Fábio. A epistemologia interdisciplinar do Big Data: principais discussões e dilemas. 40º Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação – Curitiba – PR – 2017.

CARVALHO, Pedro; CORDEIRO, Itamar Dias; FIALHO, Regina G. Gomes, SILVA, Souza Adrielly. MARKETING DIGITAL APLICADO AO TURISMO: O Caso do Resort Salinas Maragogi (Alagoas/Brasil). Revista Contribuciones a las Ciencias Sociales, Outubro, 2018.

COSTA, Nickolas. Identidade de Gênero em Vídeos Publicitários da Avon: reações do público nas redes sociais. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Administração) – Universidade Federal do Espírito Santo. 2017.

CRUZ, Breno; PINTO, Gabriel; OLIVEIRA, Verônica. Capturo Pokémons, “Logo Existo” – Realidade Aumentada e consumo à luz das experiências dos usuários do Pokémon Go. REMark – Revista Brasileira de Marketing, vol. 16, n.4, 2017.

CRUZ, B. P. A. Boicote Político. Anais do 29 ENANGRAD – Gestão da Aprendizagem. Brasília, 2018.

CUNHA, André. As revoltas de Junho de 2013: uma cartografia afetiva dos enunciados e das imagens do levante brasileiro. Tese de Doutorado apresentada ao Programa de Estudos Pós Graduados em Comunicação e Semiótica da PUC-SP. São Paulo, 2017.

CURADO, Raphael. Intervenções urbanas no DF: as mensagens do pixo, do grafite e das intervenções ativistas. Monografia de Conclusão de curso de Sociologia. Universidade de Brasília, 2017.

DANTAS, Julia; PENTEADO, Bruno Elias. Las redes de conocimiento de documentales online: un análisis del documental The Power of Gold en la plataforma Twitter. Razón y Palabra, v. 21, n. 2_97, p. 229-247, 2017.

DUQUE-PEREIRA, Ives da Silva. O Lugar do Meme nos Cursos de Licenciaturas. Trabalho de Conclusão de Curso da Pós-Graduação lato sensu em Docência no Século XXI: educação e tecnologias, cursada no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense. Rio de Janeiro, 2018.

FILHO, Alberto Rodrigues de Freitas; TEIXEIRA, Pollyana Ferrari. Guerra da pós-verdade: a batalha político-midiática do Movimento Brasil Livre. SCRIPTA, Belo Horizonte, v. 22, n. 45, p. 163-178, 2º quadrimestre de 2018

FRANÇA, Maira Nani; CARVALHO, Angela M. G. Monitoramento de Mídias Sociais: um estudo exploratório em bibliotecas universitárias públicas federais. XVIII Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação – ENANCIB, 2017.

FRANÇA, M.; CARVALHO, A. Monitoramento de Mídias Sociais: Um Estudo Comparativo em Bibliotecas Universitárias Públicas Federais . Informação & Tecnologia (ITEC), Marília/João Pessoa, v.4, n.2, p.260-283, jul./dez. 2017.

FREITAS, Guaciara; LIMA, Luís. Informalidade em Tempos de Conectividade: Facebook e Whatsapp transmutando o antigo. Anais do II Seminário Internacional América Latina. Belém, 2017.

GUIMARÃES, Verena de Almeida. “Olá meninas! No vídeo de hoje vamos falar sobre o câncer”. Análise do discurso sobre o câncer nos canais youtube Supervivente Tira o Lenço e Vai ser Feliz. Trabalho de Conclusão do Curso de Produção em Comunicação e Cultura da Universidade Federal da Bahia. 2018.

HERMAN, Fellipe. Campanhas Online e Sociabilidade Política: o uso do Facebook e do Twitter por candidatos a vereador nas eleições de 2016 em Curitiba. Dissertação apresentada ao PPG em Ciência Política da UFPR. Curitiba, 2017.

ISHIDA, Gabriel. Métodos para identificação e características de influenciadores em mídias sociais. In: SILVA, Tarcízio; BUCKSTEGGE, Jaqueline; ROGEDO, Pedro (orgs.). Estudando Cultura e Comunicação com Mídias Sociais. Brasília: Editora IBPAD, 2018

KAHN, Túlio. Discutindo armas na rede: diga-me com quem andas e eu te direi quem és. 2017.

LAFLOUFA, Jaqueline. Influenciadores digitais: uma jornada. Monografia de conclusão de curso de Especialização em Gestão Integrada da Comunicação Digital para Ambientes Corporativos, ECA-USP. São Paulo, 2018.

LIMA, Jéssica Santos. Um breve panorama sobre a atuação das influenciadoras digitais do segmento moda no Brasil. Trabalho de conclusão do Curso de Comunicação Social com habilitação em Produção em comunicação e Cultura, Universidade Federal da Bahia. 2017.

LIOTTI, Lyanna; ARAÚJO, Marcelo; TONUS, Mirna. Monitoramento aplicado a mídias sociais de agências de comunicação. 40º Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação – Curitiba – PR – 2017.

MEIRELLES, Pedro. O que faz ser nordestino no Facebook: Escolhas da construção identitária nos sites de redes sociais. Trabalho de Conclusão de Curso – Curso de Estudos de Mídia da Universidade Federal Fluminense, 2017.

MIRANDA, Gilmar; PIRES, Thamara; TAVARES, Judy Lima. Redes sociais online: Uma reflexão sobre a avaliação e mensuração na comunicação digital realizada pela Tterra Digital. Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XVI Congresso de Ciências da Comunicação na Região Norte – Manaus – AM – 2017 .

MOURA, Raphael Soares. Eleições 2.0: o uso das redes sociais digitais durante as Eleições Suplementares ao Governo do Estado do Amazonas. Dissertação Dissertação apresentada ao programa de Pós-graduação em Psicologia da UFAM, 2018.

NEVES, Luiz. Proposta Metodológica de Análise de Memes utilizando como estratégia de comunicação organizacional: a experiência da UFG. Anais do XII Congresso Abrapcorp, p. 115-130

OLIVEIRA, S.; BONATELLI, M.; LIMA, S. Jornalismo de Dados Amplia as Oportunidades do Jornalismo Científico. In: VOGT, Carlos; GOMES, marina; MUNIZ, Ricardo. Comciência e Divulgação Científica. Campinas: BBCL/Unicamp, 2018. pp-165-172.

OLIVEIRA, Taís. Redes Sociais na Internet e a Economia Étnica: breve estudo sobre o Afroempreendedorismo no Brasil. 41º Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação – Joinville – SC – 2018.

OLIVEIRA, Taís. Redes sociais na internet, narrativas e a economia étnica: breve estudo sobre a feira cultural preta. In: SILVA, Tarcízio; BUCKSTEGGE, Jaqueline; ROGEDO, Pedro (orgs.). Estudando Cultura e Comunicação com Mídias Sociais. Brasília: Editora IBPAD, 2018

OLIVEIRA, Mariana. Análise de imagens de cartões-postais no Instagram a partir de inteligência artificial. Monografia de conclusão de curso de Especialização em Gestão Integrada da Comunicação Digital para Ambientes Corporativos, ECA-USP. São Paulo, 2018.

PENTEADO, Julia Dantas de Oliveira. As redes de conhecimento de documentários online: uma análise do The New York Times na plataforma Twitter. Dissertação de Mestrado apresentada ao Programa de PósGraduação em Mídia e Tecnologia da Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação da Universidade Estadual Paulista. 2017.

PEREIRA, Gabrielle; PINHEIRO, Marco Antônio. Conversando com robôs: O uso de chatbots na comunicação de marcas no Facebook Messenger. Anais do 41 Encontro da Intercom, 2018.

PINHEIRO, Wesley Moreira. Por que curtir quando se pode amar ou odiar? Análise do uso dos emoticons do Facebook para demarcar sentimento e engajamento. 40º Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação – Curitiba – PR – 2017.

PINHEIRO, Wesley Moreira. Emoticons do Facebook: analisando a demarcação de sentimento e engajamento do consumidor pela mídia social. Signos do Consumo, São Paulo, v. 10, n. 1, p. 70-81, feb. 2018.

PINHEIRO, Wesley Moreira; POSTINGUEL, Danilo. O desempenho de Whindersson Nunes na promoção de campanhas publicitárias e no engajamento pelo YouTube. Revista Mediação, v. 20, n. 26, 2018.

PINHEIRO, W.; POSTINGUEL, D.; MOURAD, A. Whindersson Nunes: Fenômeno de Popularidade, de Engajamento ou de Influência? Análise Métrica do Desempenho de um YouTuber em Campanhas Publicitárias. VII Conferência Brasileira de Estudos em Comunicação e Mercado. São Paulo, 2017.

PINHEIRO, W.; POSTINGUEL, Danilo. Mensuração de audiências e análise de engajamento: uma proposta metodológica a partir das mídias sociais. In: SILVA, Tarcízio; BUCKSTEGGE, Jaqueline; ROGEDO, Pedro (orgs.). Estudando Cultura e Comunicação com Mídias Sociais. Brasília: Editora IBPAD, 2018

RAMOS, D.; SPINELLI, E.; ARRUDA, M. Acesso aos dados do Facebook e o jornalismo independente na América Latina. Extraprensa, v.11, n. 2, p. 23-38, jan/jun. 2018.

RIES, Igor Lucas. As interações comunicacionais em comunidades online sobre autismo: conexões em busca por reconhecimento. Dissertação apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Linguagens da UTP, 2018.

RODRIGUES, João Vitor. A Pesquisa Etnográfica e a Gramática dos Sentimentos: introdução à antropologia das emoções através das mídias sociais. In: SILVA, Tarcízio; BUCKSTEGGE, Jaqueline; ROGEDO, Pedro (orgs.). Estudando Cultura e Comunicação com Mídias Sociais. Brasília: Editora IBPAD, 2018.

SANTIAGO, Áquila Farias. Os processos de espetacularização e mercadorização do Mixed Martial Arts (MMA): o entretenimento eletrônico como iminente ocasião de manipulação das massas. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

SANTOS, Ademar Alves dos. Cyberbullying, mídia e educação à luz do pensamento complexo. Tese de Doutorado – Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Nove de Julho, 2017.

SANTOS, João Guilherme Bastos dos; CHAGAS, Viktor. A revolução será memetizada: engajamento e ação coletiva nos memes dos debates eleitorais em 2014. E-compós, Brasília, v.20, n.1, jan./abr. 2017.

SANTOS, Tatiana Gomes dos. Análise de Opiniões Utilizando Técnicas de Mineração de Dados em Redes Sociais – Estudo de Caso: Twitter. Trabalho de Conclusão do Curso – UniEVANGÉLICA – 2017

SILVA, Michel. A comunicação institucional do Senado Federal no Facebook e as possibilidades de letramento político. 40º Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação – Curitiba – PR – 2017.

SILVA, Luiz Rogério Lopes; SAMPAIO, Rafael Cardoso. Impeachment, facebook e discurso de ódio: a incivilidade e o desrespeito nas fanpages das senadoras da república. Esferas, v. 1, n. 1, 2018.

SILVA, Renata Nascimento da. A máscara obscura do ódio racial: segregação, anonimato e violência nas redes sociais. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal Fluminense. Departamento de Comunicação Social, 2018.

SILVA, Tarcízio. Georges Perec e o Monitoramento de Mídias Sociais: algumas aproximações e possibilidades. 40º Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação – Curitiba – PR – 2017.

SOUZA, Tássia. OS MEMES EM PAUTA: uma análise discursiva das apropriações midiáticas do humor. Anais I Encontro Norte e Nordeste da ABCiber, p. 546-558, 2018.

STEFANO, Luiza de Mello. Reconfiguração da dinâmica de produção e circulação através do consumo. Congresso Comunicon, 2018.

TONUS, Mirna. Monitorar para conhecer. Rizoma, v. 5, n. 2, p. 251-255.

TORRES, Vitor. Mensuração Editorial. O uso de métricas e dados sobre o público na produção de informação jornalística. 2017. Tese (Doutorado) – Faculdade de Comunicação, Universidade Federal da Bahia, Salvador, 2017.

VASCONCELLOS, Amanda Meschiatti. Celebridade 2.0: o YouTube e a nova fábrica de famosos. Dissertação (Mestrado em Comunicação e Territorialidades) – Universidade Federal do Espírito Santo, Centro de Artes. 2018.

VIEIRA, Eloy; SILVA, Tarcízio. Fãs, Consumo Cultura e Segunda Tela: proposições metodológicas acerca das audiências no Twitter. I Congresso TeleVisões. Universidade Federal Fluminense, 2017.

VIEIRA, Eloy; SILVA, Tarcízio. Monitorando audiências televisivas nas mídias sociais. In: SILVA, Tarcízio; BUCKSTEGGE, Jaqueline; ROGEDO, Pedro (orgs.). Estudando Cultura e Comunicação com Mídias Sociais. Brasília: Editora IBPAD, 2018

VITAL, Talita; TONUS, Mirna. On thursdays we watch grey’s: o engajamento dos fãs de grey’s anatomy no twitter. In: SILVA, Tarcízio; BUCKSTEGGE, Jaqueline; ROGEDO, Pedro (orgs.). Estudando Cultura e Comunicação com Mídias Sociais. Brasília: Editora IBPAD, 2018

Formatos Disponíveis

Faça download do livro!

*campo obrigatório

LEIA ONLINE

Nossos Cursos

Mais de 600 alunos já passaram pelos mais diversos cursos do IBPAD.

  • Treinamentos

    In Company

    Todos os nossos cursos podem ser especialmente desenhados para atender as necessidades da sua organização. Exemplos específicos, leituras orientadas e resolução de problemas reais.

    Conheça
  • Cursos

    presenciais e online

    Desenvolvemos cursos com forte rigor metodológico, teórico voltado para aplicações reais no mercado de trabalho e em pesquisas acadêmicas. Cursos em Brasília, São Paulo e Rio de Janeiro.

    Conheça

OutrasInformações