O ARQUÉTIPO DA SOMBRA NA POLARIZAÇÃO POLÍTICA BRASILEIRA

arquetipos-sombra-polarização-pensamento-politico-brasileiro-deborah-celentano

A política brasileira recentemente tem apresentado momentos polêmicos de polarização e animosidade entre grupos diversos que se fecham em seus clusters e se identificam entre si como o bem, a verdade, o certo, a luz. Mais uma vez grupos se entrechocam na dança das projeções cruzadas; mais uma vez, estamos nas garras do arquétipo da sombra. Precisamos compreender a lógica da paranoia política e o processo de projeção da sombra que justifica a nossa hostilidade e intolerância com o outro, um processo em que criamos um superávit de mal, ao invés de integrarmos o mal que existe em nós mesmos.

Este livro apresenta um diálogo entre o pensamento político brasileiro atual, no que se refere à polarização, e aspectos da abordagem analítica da psicologia junguiana. Em que sentido podemos ampliar a consciência sobre um fenômeno que tem se tornado cada vez mais comum de leitura maniqueísta da realidade? Quais as contribuições que a psicologia junguiana pode oferecer frente a um típico pensamento maniqueísta que tem se apresentado como pano de fundo de processos políticos e sociais? Essas são as indagações centrais que este livro busca responder.

Prefácio: a democracia e sua sombra.
Introdução
1. Conceitos junguianos chave para entender a polarização política: complexo, persona e sombra
1.1 Complexos
1.2. O revelado e o oculto nas relações com outros: persona e sombra
2. Velha ética e nova ética ou a psicologia do bode expiatório e a psicologia profunda
2.1. A velha ética ou a psicologia do bode expiatório
2.2. Psicologia profunda e nova ética
3. Por que involuímos em termos de manifestação política? A polarização política brasileira e a infantilização do eleitor brasileiro à espera de um messias político
3.1 As manifestações juninas de 2013 versus as manifestações pró e anti-impeachment de 2015 e 2016
3.2. Do movimento social caleidoscópico à polarização
política: o processo de criação do inimigo e a mente do homo hostilis
3.3 A infantilização do pensamento político: a espera de um messias político que resolveria todos os problemas da nação
Considerações finais
Posfácio
Referências
Anexos

ISBN: 978-85-54230-03-6

Como citar?

Obra completa:

CELENTANO, Deborah. O arquétipo da sombra na polarização política brasileira. Brasília: Editora IBPAD, 2018.

 

Posso usar em aula e distribuir aos alunos?

Sim. Pode circular entre turmas de aula, empresas, workshops e afins. Solicitamos que a integridade da obra seja mantida, sobretudo a atribuição de organizadores, autores e editora.

Se precisar falar conosco, só entrar em contato

Edição

Organização, revisão, capa e mídia por Editora IBPAD

Revisão ortográfica e gramatical
André Luis Gomes Moreira

Diagramação
Toni Moraes

Capa
Luda Lima

Deborah Celentano

Graduada e mestre em Ciência Política pelo Instituto de Ciência Política da Universidade de Brasília e possui pós-graduação com especialização profissional em Psicologia Junguiana pelo IJEP – Instituto Junguiano de Ensino e Pesquisa.

Cadastre seu e-mail para receber o livro no lançamento!

Faça download gratuito do livro

* campo obrigatório

OutrasInformações